Quinta-feira, 11 de Novembro de 2010

os meus posts têm sido tão moralistas e catequéticos que devo ter passado a imagem que sou uma pessoa entediante. e sou :P. posto isto, continuarei a escrever mas, desta vez, para FALAR BEM desta coisa da presença na rede.

 

há dias, numa das minhas leituras, fui parar a um texto da senhora boyd (com que simpatizo nem que seja por escrever o nome próprio em minúsculas) que me deixou a pensar.

no seu post "Risk Reduction Strategies on Facebook", boyd apresenta o caso de duas jovens que - ao contrário do que é comum - utilizam o seu mural do Facebook como o visor dos telemóveis antigos onde só cabia uma mensagem de cada vez.

caso #1 - "Mikalah uses Facebook but when she goes to log out, she deactivates her Facebook account. She knows that this doesn’t delete the account – that’s the point. She knows that when she logs back in, she’ll be able to reactivate the account and have all of her friend connections back. But when she’s not logged in, no one can post messages on her wall or send her messages privately or browse her content. But when she’s logged in, they can do all of that. And she can delete anything that she doesn’t like."

caso #2 - "Shamika doesn’t deactivate her Facebook profile but she does delete every wall message, status update, and Like shortly after it’s posted. She’ll post a status update and leave it there until she’s ready to post the next one or until she’s done with it. Then she’ll delete it from her profile. When she’s done reading a friend’s comment on her page, she’ll delete it. She’ll leave a Like up for a few days for her friends to see and then delete it."

 

se isto à primeira vista parece estranho, à segunda também. mas quando lemos a justificação que as meninas apresentam a coisa até passa a fazer sentido. Mikalah defende que está a tentar minimizar os riscos quando não está online para os enfrentar. quanto à Shamika (e de repente senti-me num restaurante japonês a tentar escolher pratos), diz que quer evitar problemas e, por isso, deixa as mensagens no mural enquanto têm actualidade e interesse. quando a/o perdem, apaga.

 

são maneiras no mínimo unusuals (ia dizer inusuais, num paralelo com um colapsar que ainda hoje me dá riso) de gerir uma identidade. diria, até, que neste caso as raparigas não usam o Facebook como um meio de construção da identidade mas, antes, como uma parede onde vão colando cartazes um por cima do outro.

e que, de certa forma, vão contra a ideia que eu tenho de presença na rede: não um universo alternativo, não um escape, mas antes um registo, uma espécie de e-diário ou e-book. um filme, uma auto-biografia. algo que, um dia, deixaremos para outros verem.

talvez por isso tenha gostado tanto deste vídeo. porque representa, em poucos minutos e debaixo de uma música bem mandada, aquilo que é/ que pode ser a nossa vida na rede. desde um sign in, até a um "logoff".

 

 

espero que este post já não tenha sido tão chato. se foi, a culpa é do Luís Pedro, que me enviou o vídeo enquanto eu estava a tentar ler alguma coisa.


Arquivado em: , ,


Sobre mim
Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


Artigos recentes

Das férias

A vida à superfície

Saudades

Questão de investigação

Sobre o (meu) amor

Inquietudes

A história de dois Miguéi...

O que podemos aprender co...

Hoje que é dia do pai...

sobre aprender

Arquivo

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Novembro 2010

Outubro 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Arquivado em

a idade pesa

a melhor coisa do mundo

acreditar

adeus :)

ambientes online

amigos

amor

ano novo

aprender

assim vale a pena

boyd

cetac

chuva

coisas minhas

coisas soltas

context

contexto

cv

d'a caixa

definir prioridades

dia do pai

domingo

doze

e andamos nós a criar uma filha para ist

ece1

ece11

educação

facebook

férias

festival da canção

futebol

gene kelly

homens da luta

identidade

identity

if/then

jonsi

leituras

livros

lurking

maio

mariana

metas

mmed

mundanças

música

networking

obvious

outono

palco

pele

percursos

phd

ple_sou

prensky

problemas

quarta-feira

quinta-feira

rede

reflexões

sapocampus

segunda-feira

servidor blogs.ca.ua.pt

sexta-feira

som

sono

sportv

stress deadlines going_nuts

tela em branco

televisão

tempo

terça-feira

tese

twitter

univercidade

todas as tags

links
participar

participe neste blog

find me on twitter:
http://qrcode.kaywa.com/img.php?s=6&d=http%3A%2F%2Ftwitter.com%2F%23%21%2Fmaresta
blogs SAPO
subscrever feeds