Domingo, 21 de Novembro de 2010

Ainda me recordo de umas aulas de introdução à informática, no 1º ano de NTC, em que aprendíamos um pouco de Pascal. Lembro-me, principalmente, do if/then que tínhamos de usar para fazer uma coisa qualquer e que, na altura, me deixou uma enorme aversão e admiração por tudo o que tivesse a ver com coisas informáticas (engenheiros incluídos).

Deve ser por isso que, quando não tenho nada com que ocupar o cérebro, penso nos ifs e thens que têm conduzido a minha vida:

- se eu não tivesse tirado 60% na prova específica de português, não teria mudado a minha candidatura ao ensino superior e não teria concorrido e entrado em NTC; then, estaria agora a trabalhar em relações internacionais , ramo de relações culturais e políticas (ou estaria no desemprego, com um curso em relações internacionais, ramo de relações culturais e políticas);

se eu não tivesse entrado em NTC não teria ficado por Aveiro, não teria conhecido a minha cara-metade, não teria namorado e casado e tido a Mariana e, then, seria agora algo parecido com a morena do sexo e a cidade (uma mulher chata mas incrivelmente bem vestida);

se eu tivesse aceite a primeira proposta de trabalho que me foi oferecida - naquele tempo elas ainda apareciam quando terminávamos o curso - não teria ficado um ano em casa; then, não teria dado explicações a um miúdo que passou a ser, no final desse ano, o filho do meu novo patrão;

se eu não tivesse tido esse patrão, não me teria despedido para ir trabalhar em publicidade; se não me tivesse despedido do trabalho em publicidade, não teria ido trabalhar em artes gráficas; then, não teria chegado à conclusão que aquilo não era para mim e não me teria inscrito no mestrado em Multimédia em Educação;

se eu não me tivesse inscrito no MMEd, não me teria despedido das artes gráficas para ir trabalhar para um instituto superior; se não tivesse ido trabalhar para um instituto superior, não teria dado aulas, bolonha não teria importância e não me teria candidatado ao doutoramento; se não me tivesse candidatado ao doutoramento não teria concorrido a bolsa; se não tivesse concorrido a bolsa, logicamente não a teria, não me teria despedido e, then, não estaria agora a estudar a tempo inteiro.

 

Conclusões?

Primeiro, despeço-me demasiadas vezes.

Segundo... se tiverem 60% na prova específica de português não desanimem: quer dizer que, anos mais tarde, poderão estar na UA, orientados por doutores 5*, a ler e a trabalhar numa área que vos fascina ;)


Arquivado em: ,


Sobre mim
Agosto 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


Artigos recentes

Das férias

A vida à superfície

Saudades

Questão de investigação

Sobre o (meu) amor

Inquietudes

A história de dois Miguéi...

O que podemos aprender co...

Hoje que é dia do pai...

sobre aprender

Arquivo

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Março 2011

Janeiro 2011

Novembro 2010

Outubro 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Arquivado em

a idade pesa

a melhor coisa do mundo

acreditar

adeus :)

ambientes online

amigos

amor

ano novo

aprender

assim vale a pena

boyd

cetac

chuva

coisas minhas

coisas soltas

context

contexto

cv

d'a caixa

definir prioridades

dia do pai

domingo

doze

e andamos nós a criar uma filha para ist

ece1

ece11

educação

facebook

férias

festival da canção

futebol

gene kelly

homens da luta

identidade

identity

if/then

jonsi

leituras

livros

lurking

maio

mariana

metas

mmed

mundanças

música

networking

obvious

outono

palco

pele

percursos

phd

ple_sou

prensky

problemas

quarta-feira

quinta-feira

rede

reflexões

sapocampus

segunda-feira

servidor blogs.ca.ua.pt

sexta-feira

som

sono

sportv

stress deadlines going_nuts

tela em branco

televisão

tempo

terça-feira

tese

twitter

univercidade

todas as tags

links
participar

participe neste blog

find me on twitter:
http://qrcode.kaywa.com/img.php?s=6&d=http%3A%2F%2Ftwitter.com%2F%23%21%2Fmaresta
blogs SAPO
subscrever feeds